Carregando...
Conheça nossas redes sociais

Encontro busca soluções para crimes contra orientais

Encontro busca soluções para crimes contra a comunidade oriental

Nessa última segunda-feira, pessoas da comunidade chinesa e coreana tiveram uma audiência com o delegado Domingos Paulo Neto, do Departamento de Polícia Judiciária da Capital. O motivo do encontro foi levar ao conhecimento das autoridades os inúmeros casos de assaltos e furtos em casas e apartamentos de pessoas de ascendência oriental.

Os crimes foram praticados em diversas áreas da grande São Paulo, com destaque para a região do centro, e há a suspeita de que se trata de quadrilhas direcionadas contra residentes imigrantes. A audiência foi proporcionada pelo deputado federal William Woo e pela presidente da Associação Chinesa do Brasil Heida Li. O assunto já havia sido tratado em reuniões com associações representativas da comunidade e com o consulado geral da Republica Popular da China em São Paulo, e agora está tendo maior atenção do Departamento.

William Woo e Heida Li também solicitaram uma reunião da policia com a comunidade chinesa, que será realizada futuramente, além de terem levado um ofício sobre o caso ao delegado Domingos, ao governador Geraldo Alckmin e ao secretário de segurança pública Fernando Grella Vieira.

Atualmente, São Paulo registra cerca de 473 assaltos por dia, sendo que a polícia possui apenas 6.000 policiais atuando na cidade.